publicidade

Professora Nota 10 mostra como ensinar ângulos à turma

Conheça o projeto de Matemática de Andréia Betina Legatzky Klitzke

Rodrigo Ratier

Foto: Marcos Rosa
Foto: Ebner Gonçalves
Clique para ampliar

Mais sobre ângulos

ESPECIAL

Especial Tudo sobre Geometria
Prêmio Victor Civita - Educador Nota 10

Na EM Professora Karin Barkemeyer, em Joinville, a 186 quilômetros de Florianópolis, as turmas de 5o ano são feras em ângulos, um conceito fundamental para o estudo a geometria. A garotada se movineta seguindo instruções - como "gire 90o à direita - e calcula aberturas de ânguls presentes em diversos objetos, como uma rampa, com uma precisão surpreendente. A razão para esse desempenho, que vai além das expectativas para a faixa etária, está no projeto desenvolvido pela professora Andréia Betina Legatzky Klitzke, que substituiu as clássicas  formas de apresentar o conteúdo (baseadas em definições e fórmulas) por uma sequência com mais de 15 atividades diversificadas.

Com tantas possibilidades de caminhos apresentadas, ficou mais fácil para toda a turma avançar na aprendizagem, inclusive  os dois estudantes com deficiência que ela tem na sala: um com Sindrome de Down e outro com deficiência intelectual leve. Fazendo flexibilizações, Andréia conseguiu levar ambos de fato a aprender. "No fim do projeto, apliquei duas avaliações, uma para a classe regular e outra adaptada para os meninos que têm necessidades educacionais especiais", explica a Educadora Nota 10, mostrando que está em sintonia com as teorias mais recentes nessa área.

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA
e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários

 

Publicado em Outubro 2009, com o título Novos ângulos

 

Associação Nova Escola © 2016 – Todos os direitos reservados.