publicidade

Brincadeiras com bola

Rita Trevisan

Como funciona
Há uma infinidade de brincadeiras com o objeto. O que as diferencia são os combinados entre os participantes e o uso de outros objetos, como no vassourabol, em que a bola é lançada com o auxílio de uma vassoura. Há opções para grupos ou para o indivíduo, como o paredão - em que a bola é jogada contra a parede seguidamente para que não caia no chão. Existem várias modalidades, dentre elas, a queimada, em que os participantes se dividem em dois grupos e cada time tem como objetivo acertar os adversários com a bola para isolar todos na cadeia, área localizada no fundo do campo.


Origem
Muito popular na civilização grega, o brincar com bola era valorizado porque favoreceia o desenvolvimento dos músculos do corpo.

Por que propor
Para os pequenos desenvolverem habilidades relacionadas ao movimento e à força.

Como enriquecer o brincar
■ Dialogue com a turma, ao fim da prática, sobre a questão da cooperação entre os participantes para que a atividade seja divertida para todos.
■ Ofereça bolas de diversos tamanhos para que todos testem e decidam qual a mais interessante para cada brincadeira.
■ Sugira que o grupo mostre aos colegas as atividades desse tipo já vivenciadas.

Os erros mais comuns
Sugerir que só os meninos brinquem de bola e ainda por cima com os pés. As meninas têm de experimentar a atividade e de maneiras diversas.
Acreditar que os pequenos são egoístas por não passar a bola para os amigos. Eles ainda não percebem que, para brincar, o outro é importante. 

 

 

 

 

Ilustração Rogério Fernandes sobre fotografia de Omar Paixão / Assistente Márcia Schiesari / Produção Mario Mantovanni /Assistente Gabriel Fernandes / Cabelo e Maquiagem Renato Rodriguez

Gostou desta reportagem? Assine NOVA ESCOLA
e receba muito mais em sua casa todos os meses!

Comentários

 

Publicado em Hora de Brincar, Setembro 2010. Título original: Para todos os gostos

 

Associação Nova Escola © 2016 – Todos os direitos reservados.